Câmara Municipal reúne autoridades e empresa de coleta de lixo de Água Boa
24/10/2018 17:33 em Novidades

Por: Andréia Zancanaro Amik

 

Câmara Municipal reúne autoridades e empresa de coleta de lixo de Água Boa

 

Aconteceu nesta terça-feira (23.10), na Câmara Municipal de Água Boa, uma reunião dos vereadores e representantes do Executivo com Fernando Pereira da Rocha, proprietário da nova empresa prestadora do serviço de coleta de lixo na cidade, a Engservice. A reunião contou também com a presença de empresários e representante da Associação Comercial de Água Boa.

A reunião foi solicitada, a pedido dos vereadores, na última Sessão Ordinária do dia 15 de outubro, para tentar resolver os problemas que vem acontecendo desde o início do mês, referentes à coleta de lixo, que não está sendo realizada a contento pela nova empresa que assumiu o serviço.

Muitos questionamentos foram apresentados pelos vereadores e demais presentes, como: o porquê da falta de coleta em alguns bairros; falta de sincronia entre arrumar o lixo e coletar; o chorume de lixo (líquido proveniente da matéria orgânica em decomposição) que cai do caminhão nas ruas; capacidade de atendimento da empresa; coleta seletiva, entre outras questões importantes.

O proprietário da Engservice, Fernando Pereira da Rocha, respondeu a todos os questionamentos, apresentando o serviço que está realizando na cidade, desde o dia primeiro de outubro, e explicando a forma de trabalho que está apenas começando e por isso está em adaptação à demanda, que é maior do que o esperado. Segundo ele, Água Boa produz hoje cerca de 30 toneladas de lixo, uma grande quantidade pelo porte da cidade. Na oportunidade, apresentou um cronograma para regularizar o serviço o mais breve possível, comprometendo-se a manter o horário antigo de atendimento e informar a população se houver mudanças.

De acordo com a Engenheira Sanitarista da Prefeitura, Áurea Campos, já está programada a distribuição de um folder explicativo nas residências, sobre a coleta de lixo e coleta seletiva, cujo projeto piloto deve começar em 180 dias em dois bairros (tropical e

universitário), e depois gradativamente em outros bairros de Água Boa. A coleta seletiva deve fazer parte do dia-a-dia de todos pois é de grande importância na preservação do meio ambiente.

A Câmara Municipal se mostrou bastante confiante com o resultado da reunião, pois segundo os vereadores, ficou claro que houve uma evolução na questão do problema da coleta de lixo e as expectativas são boas para que o serviço se normalize o quanto antes.

COMENTÁRIOS