Seduc define calendário de reposição de aulas antes do fim da greve em MT
01/08/2016 - 17h32 em Tecnologia

 

Antes do fim da greve dos servidores da Educação de Mato Grosso, a Secretaria Estadual de Educação (Seduc-MT) determinou um calendário para a reposição das aulas. As datas foram publicadas no Diário Oficial do Estado na sexta-feira (29). Na publicação, a pasta alega a necessidade de normatizar o cumprimento da carga horária dos estudantes, alterada com o início da greve em 31 de maio.

De acordo com o calendário proposto, os alunos da rede estadual devem repor aulas aos sábados, até o dia 30 de dezembro. Para o presidente do Sindicato dos Trabalhadores do Ensino Público de Mato Grosso (Sintep-MT), Henrique Lopes, a publicação é um mecanismo de chantagem para ao fim da greve. “Isso é um desrespeito com a greve do trabalhador e só pressão para que encerremos a greve”, afirmou. De acordo com a Seduc-MT, o calendário escolar deve ter, no mínimo, 200 dias letivos. Para cumprir a prerrogativa, as aulas devem ir até o dia 30 de dezembro, segundo o calendário determinado. Para isso, os alunos teriam que repor as aulas aos sábados até ao fim do ano letivo para completar a carga horária.

COMENTÁRIOS
Comentário enviado com sucesso!